ALEJANDRO JODOROWSKY: “MORAVA EM UMA CIDADEZINHA COM UMA BIBLIOTECA ESOTÉRICA, UMA BIBLIOTECA MAÇÔNICA”

* * * *
Daniel Kalder entrevistou Alejandro Jodorowsky. Foi no Los Angeles Review of Books. A entrevista fala sobre diversos assuntos, inclusive o alguns dos seus gibis, como Metabarões, Incal e Juan Solo [que, diz Jodorowsky, foi inspirado no seu falecido filho].

Errr...
A parte mais reveladora, no entanto, é o início: Jodorowsky fala de sua infância na pequena cidade de Tocopilla, no Chile. Diz ele: “eu li de tudo, porque estava em uma cidadezinha. Eu era branco, e meu pai era um judeu que se escondia dizendo que era russo. Tinha uma livraria na cidadezinha, porque pessoas de todos os lugares iam para lá. Ingleses iam na usina elétrica e fizeram uma biblioteca, uma biblioteca esotérica, uma biblioteca maçônica”.

O entrevistador seguiu a linha: “você estava nessa cidadezinha do Chile, lendo livros sobre os segredos e mistérios do universo?”. Respondeu Jodorowsky: “Sim, exato! Incrível, não? Li de tudo. Também li os livros que eram publicados nos EUA, antes de serem gibis, Doc Savage, e O Sombra, e Bill Barnes. E também li livros sobre Tarô. E o meu pai era um comunista estalinista”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: