LOUISE SIMONSON, SOBRE X-MEN: APOCALIPSE: “PEQUENO E AZUL, COMO UM SMURF”

* * * *
Lembra que teve um filme dos X-Men no ano passado, X-Men: Apocalipse? Abraham Riesman, do The Vulture, escreveu um perfil de Louise Simonson, que criou o seu vilão.

No perfil, Riesman conta a história por trás da criação do personagem. Ele foi feito para substituir o Coruja, vilão do Demolidor [recentemente reinventado por Brian Michael Bendis], que seria o vilão do X-Factor conforme os planos do roteirista anterior, Bob Layton. Diz Simonson: “O Coruja não me parecia o tipo de vilão que eu queria usar. Então pedi pro Bob Harras se podia substituí-lo por um vilão que eu queria. E, por algum motivo, sempre gostei da ideia de um vilão Darwiniano”.

Com uma fivela em formato de "A".

Simonson, que atualmente mora na pequena cidade de Suffern com o seu marido, Walter Simonson, não ficou muito impressionada com a versão para o cinema do seu vilão: “ele parece um cara pequeno e azul, como um Smurf”. O nome dela não apareceu nem nos créditos do filme, mas sobrou um troco. Conforme explica Riesman: “quando o Apocalipse estreou em 1986, a Marvel tinha um acordo pelo qual os criadores ganhavam royalties quando os personagens que eles criaram aparecessem em merchandising ou filmes”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: