JOSÉ LADRÖNN E OS FILHOS DO TOPO: “NÃO QUERÍAMOS UMA HQ TRADICIONAL”

* * * *
A Glénat lançou no ano passado um gibi novo de Alejandro Jodorowsky [A Casta dos Metabarões], desenhado por José Ladrönn: Les Fils d’El Topo: Caïn. É o primeiro de três álbuns que vão formar uma continuação para o filme cult de 1970, El Topo, do próprio Jodorowsky. O blogue Smokyland publicou uma entrevista com Ladrönn sobre o assunto.

O álbum começou como o roteiro para uma continuação para o cinema do filme. Conforme explica Ladrönn, “Jodorowsky escreveu o roteiro de Les Fils d’El Topo faz mais de três décadas, como uma sequência para o filme. Desde então, ele está tentando fazê-lo, mas nós sabemos que não é fácil, precisa de muito tempo e dinheiro. Alejandro acredita que não existe fracasso, então quando você não consegue executar uma ideia de uma forma, pode fazê-lo de outra”.


O roteiro, inicialmente, virou um projeto de livro ilustrado -- não uma narrativa sequencial. Mas aí: “depois de ver as pinturas que eu fiz, Alejandro pensou que o desenho tinha potencial suficiente para se tornar, com alguns ajustes, um novo tipo de história em quadrinhos, no caso, uma com atmosfera de cinema. A ideia era clara para nós: não queríamos uma hq tradicional, queríamos um ‘filme gráfico’”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: