DICK TRACY, DE CHESTER GOULD: “LOUCURA AMERICANA”

* * * *
Frank Young, no The Comics Journal, escreveu um artigo sobre “o louco fascínio” que exercem as tiras de Dick Tracy, de Chester Gould. “É uma loucura delirante, mas é uma loucura tipicamente americana”.

É que “o trabalho de Gould se aconchegava no interior da psique americana dos anos 30, 40 e 50. Era uma época incerta e violenta, e a ameaça do gangsterismo, o ímpeto de Tracy em 1931, deram lugar ao nosso medo nacional do fascismo, nazismo, comunismo e guerra nuclear. Dick Tracy ao mesmo tempo celebrava e apaziguava esses medos compartilhados”.


Fazia isso através de “uma mistura de violência grand guignol, comédia desajeitada e procedimentos policiais sinistros”, mostrando “como um indivíduo vira um criminoso, e então como o criminoso é afastado da sociedade em direção a um limbo de perseguição e captura, com a prisão ou a morte esperando no final”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: