PATIENCE, DE DANIEL CLOWES: “O ZELO DE ETHAN EDWARDS EM RASTROS DO ÓDIO, E A DEDICAÇÃO DE PHILIP MARLOWE EM O SONO ETERNO”

* * * *
A resenha que você precisa ler sobre Patience, de Daniel Clowes, é essa. Ela foi escrita por Ken Parille, organizador do excelente The Daniel Clowes Reader. A resenha é completíssima, e dividida em duas partes: a segunda delas é uma análise quase página a página.

Na primeira, Parille explica o que Patience tem de atípico [se comparado com os outros gibis de Clowes]: “um herói de ação total”. Ele explica: “monomaníaco mas virtuoso, Barlow persegue a sua jornada com o zelo missionário como o de Ethan Edwards em Rastros do Ódio, e a dedicação à verdade de um detetive hard-boiled como Philip Marlowe em O Sono Eterno”.


A parte irônica fica para o tratamento dado aos elementos de ficção científica: “Patience pega o que precisa da ficção científica e joga fora o resto, principalmente a ciência. Mostra o dedo do meio para as questões clássicas da teoria da viagem do tempo (“viajar no tempo mudará a história?”; “podem coexistir duas versões de uma pessoa existirem ao mesmo tempo?”, blá blá blá)”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: