DANIEL CLOWES: “A ANSIEDADE DE PATIENCE É MUITO PARECIDA COM A MINHA”

* * * *
Eu já comentei que tem muita coisa aparecendo sob re Daniel Clowes e Patience, seu novo gibi, certo? Então dessa vez vamos com dois links em uma postagem só. Tem a entrevista que ele deu para Emma Silvers, do KQED. E a resenha/entrevista de Sean T. Collins, para a Observer.

Para Silvers, Clowes falou sobre a colorização do gibi: “de alguma forma eu sabia que essa hq ia ser sobre a colorização. No passado, as minhas hqs coloridas começaram, tipo, 'isso poderia ser em preto e branco, ou talvez poderia ter uma cor', então eu incorporava o modo colorido no final. Dessa vez, sabia como queria que parecesse. Acho que as cores fazem que tudo encaixe, e não deixa que se perceba as pequenas mudanças de estilo de cena para cena”.

Na mesma entrevista, ficamos sabendo que existe um filme de Wilson, a sua hq anterior, em produção: “estamos trabalhando em um filme de Wilson, na verdade, está quase pronto, e eu tentei que ele fosse gravado em Oakland. Mas por causa de regulações, é quase impossível gravar um filme aqui” [em Oakland, onde Clowes mora]. “Então nós gravamos em St. Paul, Minnesota, que parece uma versão estranha de Oakland faz cinco ou seis anos, antes de que nós arrumássemos esses restaurantes cinco estrelas e essas coisas”.


Collins, por sua vez, apenas ilustra a sua resenha com trechos da entrevista que fez com Clowes. É uma hq, ele diz, sobre “as grandes questões: vida e morte, família, paternidade, amor, vingança, a natureza do espaço e tempo”, que funciona como uma metáfora para “uma preocupação típica de dia de semana: o medo da falta de controle”.

Ao que Clowes comenta: “a ansiedade que Patience, na qual você desliga a luz e começa a ver formas estranhas no escuro, e o teu cérebro entra em um ciclo constante com todas as coisas horríveis que vão acontecer com a tua família, é muito parecida com a ansiedade que eu tenho”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: