TREES, DE WARREN ELLIS E JASON HOWARD: “ESCRITA NETFLIX”

* * * *
Tentaram resenhar as quatro primeiras edições de Trees, novo gibi de Warren Ellis e Jason Howard lançado nos EUA pela Image, no Fumettologica. Não deu: é muita descompressão.

O artigo se vira falando sobre como os quadrinhos americanos sofrem com a narrativa descomprimida: “da velha concepção de episódio piloto -- uma estreia que dá uma ideia clara, ainda que só como potencial, da série -- não sobrou nada. Fomos privados das ferramentas que nos permitiam saber se era o caso de continuar a investir o nosso tempo/dinheiro já no primeiro contato com alguma nova propriedade intelectual”.


Atualmente, Ellis levou isso “ao próximo nível”: “é o que muitos críticos estão começando a chamar de escrita Netflix. Não existe mais um segmento que desperte interesse, ainda que subordinado a uma trama horizontal maior, mas um filme de 12 ou 13 horas dividido de forma regular”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: