GRANT MORRISON, SOBRE WONDER WOMAN: EARTH ONE: “A ORIGEM NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL NÃO FUNCIONA MAIS”

* * * *
Além de Patience, de Daniel Clowes [sobre o qual tem um monte de postagem para sair por aqui ainda], outro lançamento do primeiro semestre que chamou bastante a atenção do nerdismo foi Wonder Woman: Earth One. É Grant Morrison escrevendo a Mulher Maravilha, com desenhos de Yanick Paquette. Pra abrir os trabalhos, temos essa entrevista que Morrison deu para Jeffrey Renaud, do CBR.

É uma entrevista bem honesta: Morrison fala de vários pontos da história, inclusive com alguns spoilers. Também fala de William Moulton Marston: “Super-Homem era rico em ficção científica e Batman, em crime e mistério, mas com a Mulher Maravilha nós temos influências da cultura alternativa e do feminismo total. Era sobre mágica e bizarrices, também, com estilos de vida alternativo e ideias alternativas, o que basicamente é um reflexo da vida de Marston. Era isso que ele era”. 


Ele também falou sobre as mudanças que fez na origem do personagem. Ele tirou as referências à Segunda Guerra Mundial, indo no caminho contrário do iminente filme: “Acho que a origem na Segunda Guerra realmente não funciona mais. Era uma grande parte da origem, na qual ela decidia ir ajudar à luta na guerra, e isso evidentemente não se aplica da mesma forma mais”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: