SPAWN #8, DE ALAN MOORE E TODD MCFARLANE: O INFERNO É A MARVEL/DC

* * * *
James Kelly iniciou uma série de artigos no Sequart: “Spawn escrito por escritores”. O objetivo é analisar o que Alan Moore, Neil Gaiman, Dave Sim e Frank Miller trouxeram para o personagem quando Todd McFarlane deu para eles a chance de brincar com o personagem no final do primeiro ano da série. Kelly abriu os trabalhos com Spawn #8, escrita por Moore.

Quatro são os elementos que Kelly destaca na história. Primeiro: o uso da “violência de uma forma satírica, que dá enfase à comicidade da “Era Escura” dos quadrinhos”. Segundo: o Spawn/Al Simmons é “um personagem periférico”, o que “sugere para os leitores e para McFarlane uma direção alternativa” para a série.

Três: a “oportunidade de expandir o conhecido do universo do Spawn”, com um inferno “inspirado em Dante”. Por último, e mais interessante: como esse inferno é uma “alegoria à natureza das corporações”, em especial da Marvel e da DC. Diz Kelly: “toda originalidade que define Billy Kincaid é engolida quando ele se torna uma outra parte genérica da gigantesca corporação sem coração do Inferno”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: