GYO, DE JUNJI ITO: TUBARÃO, VERSÃO H. P. LOVECRAFT

* * * *
Esther Miguel Trula estreou no Entrecómics resenhando um gibi de Junji Ito: Gyo, o seu segundo trabalho mais conhecido [perde para Uzumaki].

É o que a própria Trula diz: “Gyo não é o melhor mangá de Junji Ito. É provável que esse posto seja para sempre de Uzumaki”. Mesmo assim, parece valer a pena. Ela descreve o gibi como uma versão lovecraftiana do filme Tubarão: “fortemente inspirado pelo Tubarão de Spielberg, faz mais do que reinterpretar esse clássico: conecta ele com outros medos que estavam a poucos passos de distância na cosmologia do terror. Um tubarão assassino dá muito medo, mas mais medo ainda dá saber que essa força da natureza é exponencial e incontrolável”. Assim:



Nenhum comentário: