AMAZING SPIDER-MAN #2, DE STAN LEE E STEVE DITKO: “GENÉRICO”

* * * *
Mais uma resenha de Gene Phillips no The Archetypal Archive. Na pauta, de novo, o Homem-Aranha de Stan Lee e Steve Ditko. Agora, no entanto, o exemplo é de uma história ruim: The Terrible Tinkerer, publicada em Amazing Spider-Man #2, que “parece uma idéia que Lee e Ditko tinham planejado para as suas revistas 'weird tales' e que foi transformada em uma história do Homem-Aranha para fechar um prazo”.

É realmente uma historinha bizarra, com um vilão [O Consertador, em português] que é dono de uma loja de reparos de eletrodomésticos que serve de fachada para uma... invasão alienígena. Os personagens realmente parecem saídos de uma história de terror de segunda linha dos anos 50:



O problema, diz Phillips, não é que a ideia seja “estranha”; o problema é que a história é genérica: “não tem nada nela que não poderia ter acontecido em um uma história do Capitão Marvel da Fawcett”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: