THE SCULPTOR, DE SCOTT MCCLOUD: “SÓ EXISTE PORQUE NINGUÉM TEVE A CORAGEM DE DIZER NÃO”


* * * *
Já comentei aqui que The Sculptor, o novo gibi tijolão de Scott McCloud, parece bem meia-boca. Especificamente, disse que parece uma tentativa mal sucedida de emular Asterios Polyp. Shea Hennum, da Pasta Magazine, foi além: escreveu uma resenha que um pedagogo preocupado chamaria de BULLYING.

“É um gibi que só existe porque o autor é bem considerado demais para que alguém queira lhe dizer não”. POF. “Uma competente aplicação de técnica colocada a serviço de uma história que falha em todas as formas concebíveis de conectar, seja través da coerência, originalidade, funcionalidade ou ressonância emocional”. TUM. “McCloud é incapaz de criar sequer um personagem interessante, retratar de forma acurada a passagem do tempo ou manter uma lógica interna consistente”. POW! [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: