FRANK QUITELY: O MELHOR KA-BOOOOM DO MERCADO

* * * *
Zainab Akhtar, no Comics&Cola, escreveu um pequeno artigo sobre as onomatopeias que Frank Quitely desenha em Batman and Robin: Batman Reborn.

A graça é que elas “são integradas com a arte e criadas a partir de elementos que já existem e podem ser desenhados/retratados, então elas são de alguma forma naturalizadas”; inclusive “de forma a indicar os decibéis, não apenas o volume do barulho, mas a própria forma do barulho”.

Simplificando, ela tá falando disso aqui:

Nenhum comentário: