DANIEL CLOWES: “OS PERSONAGENS DE STEVE DITKO SÃO CARAS SOLITÁRIOS, ANDANDO EM CENÁRIOS URBANOS OMINOSOS”

* * * *
Daniel Clowes [Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro] foi entrevistado por Abraham Riesman, na The Vulture. Ele falou basicamente sobre a revista Eightball [recentemente relançada em uma edição bonitona da Fantagraphics], mas também sobre o seu envolvimento com o cinema [que vai de ser plagiado por Shia LaBeouf a escalar Scarlett Johansson na adaptação para o cinema de Ghost World], Jim Belushi, e, bom, odiar gibis de super-heróis.

Vamos tentar ir por partes. Sobre a Eightball: “a primeira edição, acho que foram 4 mil cópias impressas, e foram vendidas em alguns meses. E então foi reimpresso e reimpresso, e a edição seguinte vendeu um pouco mais, e no final nós passamos das 25 mil cópias”. 

Belushi? “Não tenho nada contra Jim Belushi, de verdade, mas morando em Chicago nos anos 80, ele era o símbolo quinta-essencial da forma que a cidade se enxergava: como um cara que era tanto trabalhador, mas também um cara de Hollywood metido; um cara que era tipo fresco e honesto, mas não. Isso me irritava muito”.

Super-heróis? Vamos deixar o ódio de lado e procurar por amor: “sou 100% fã de Steve Ditko, ainda sou. Gosto do Homem-Aranha dele, mas adoro a forma pela qual ele vê o mundo, ele tem tanto medo do mundo. Existe uma solidão profunda no trabalho dele. Os personagens são esses caras solitários, andando cenários urbanos ominosos”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: