ALEX ROSS: "DESCOBRI QUE A FORMA PELA QUAL EU COMUNICO AS COISAS NÃO SE TRADUZ EM OUTRAS PESSOAS ME ENTENDENDO"

* * * *
Além de Moebius, a Creative Bloq desencavou outra entrevista bacana na revista Imaginative FX: Alex Ross, o desenhista de Marvels e Reino do Amanhã. Como diz a chamada da postagem da Creative Bloq, ele não alivia.

Normalmente reservado [“posso ser muito eloquente, mas descobri que frequentemente a forma pela qual eu comunico as coisas não se traduz em outras pessoas me entendendo”; a construção frasal é uma prova do argumento], Ross desce a lenha em algumas tendências "modernas".

Ele é, claro, um fã da Era de Ouro: “sempre achei que existia uma bela eloquência em se ter uma conexão com alguma coisa que foi planejada 50, 60, 75 anos atrás, que é essencialmente não diluído. Eles não precisam ser excessivamente alterados para ter graça para as novas gerações. Se você sempre tem que fazer os personagens serem mais jovens porque 'bom, os jovens não conseguem se conectar com protagonistas mais velhos', bom, isso é merda”.  [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: