BRIAN MICHAEL BENDIS: "NÃO ESTOU TENTANDO SER DELIBERADAMENTE VAGO"

* * * *
Brian Michael Bendis, por outro lado, está largando as séries mutantes -- tinha Uncanny X-Men, desenhada por Chris Bachalo e protagonizada por uma equipe mutante liderada pelo Ciclope, e All-New X-Men, com Stuart Immonen e a primeira equipe dos X-Men, nas mãos. O anúncio foi feito nessa entrevista dele para Dave Richards, do CBR.

É uma entrevista meio padrão [qual foi o ponto auto do seu trabalho com os mutantes? “Os parceiros”. Então tá, né] na qual ele tenta sair pela tangente na pergunta que realmente importa: a Marvel está torpedeando esse barco como fez com o Quarteto Fantástico para pegar os direitos cinematográficos de volta?

Quer ver o que é sair pela tangente? “Não importa o que eu diga nesse artigo, vão existir teorias da conspiração. Reações do tipo ‘AH HA! LÁ VEM!’. Não importa o que eu diga, uma parte do público vai pensar que isso é parte do que quer que seja que a Marvel está fazendo com os X-Men”. 

Então, o que ele disse? “Fiquei conhecido por ter escrito a mais longa fase dos Vingadores de todos os tempos, e a mais longa fase do Hoiem-Aranha de todos os tempos, então tive que me dizer: ‘você não precisa fazer isso o tempo todo! Você não precisa ficar na série para sempre”.

Noutras palavras: não fico na série porque não fico na série. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: