ARABASTAA, DE OSAMU TEZUKA: MEIO MONSTRO GÓTICO, MEIO VILÃO DE GIBI

* * * *
Resenhismo de gibi do Osamu Tezuka é sempre válido. Então tome uma resenha de Alabaster, originalmente publicado na revista Weekly Shonen Champion no início dos anos 70. Ela é escrita por Javier Agrafojo, do Zona Negativa, a pretexto do recente lançamento do gibi na Espanha.

É um gibi menor de Tezuka, mas um dos primeiros do período escuro da obra de Tezuka [como MW e O Livro dos Insetos Humanos]: “o elo perdido” entre o período infantil e o adulto, diz Agrafojo. Nele, James Block, atleta negro de sucesso, fica maluco, encontra um raio que deixa a sua pele invisível e fica mais maluco ainda -- matando várias pessoas no processo. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: