H. P. LOVECRAFT: "MAU GOSTO"

* * * *
Stefan Kanfer, o homem do entretenimento do City Journal, escreveu um artigo sobre H. P. Lovecraft. Partiu de The New Annotated H.P. Lovecraft, coletânea de histórias do "guru do sinistro", editado por e com comentários de Leslie Klinger [e com introdução de Alan Moore!].

Kanfer falou sobre a evolução na análise crítica de sua obra [Edmund Wilson, de Rumo à Estação Finlândia, por exemplo, não era um fã: "o único terror nessa ficção é o terror do mau gosto e da má arte"] e fez uma mini-biografia sobre o escritor -- que, pelo visto, era um personagem PECULIAR, eufemismo que eu encontrei para dizer pirado e racista: criado pelos avós, já que os dois pais morreram na mesma instituição psiquiátrica, Lovecraft "raramente saia de dia" e "desprezava minorias e aqueles que considerava ' vira-latas". [ETCETERA]

Nenhum comentário: