CINEMA COREANO: INTRODUÇÃO

* * * *
O Chuva de Nanquim publicou um BAITA artigo de introdução ao Novo Cinema Coreano. Não só tem uma descrição das principais características, como também tem umas trinta pequenas resenhas de filmes recomendados.

Dentre as características, temos uma pá de influências: “mangás japoneses, dos longas-metragens de kung fu de Hong Kong, do Western Spaghetti italiano e, sobretudo, dos blockbusters da Califórnia. Os filmes coreanos se ‘hollywoodizaram’ em termos de estilo e práticas comerciais, mas mantiveram temas e sensibilidades locais”.

Já as recomendações foram dividas por gênero. Tem uma categoria própria para a Trilogia da Vingança de Chan-Wook Park, outras para K-Horror [“terror psicológico inspirado nas produções japonesas”], suspense [destaque pro excelente Eu vi o Diabo], drama, comédia, ação, máfia [Bittersweet Life é o meu filme coreano favorito e tá aí], e filmes que tratam da relação da Coréia do Sul com a do Norte.

Deu tempo ainda de dar umas barbadas, como o KoreanFilm, canal do YouTube com vários filmes coreanos legendados em inglês, o site KoBize as páginas do Facebook Korean Film Council, Modern Korean Cinema, Korea on the Couch, e HanCinema. Acrescento: entre os filmes recomendados, você encontra OldBoy no Netflix Brasil e vários outros [o resto da Trilogia da Vingança, O Bom, o Mau e o Estranho, Eu vi o Diabo...] no Netflix americano. [ETCETERA]

Nenhum comentário: