OS JARDINS DA MORTE, DE IVAN SAIDENBERG E JÚLIO SHIMAMOTO: “PARA TODO IDIOTA QUE SE FAZ DE MONSTRO, EXISTE UM MONSTRO QUE SE FAZ DE IDIOTA”

* * * *
O blogue Ivan Saidenberg – Histórias Comentadas, administrado por Lucila Saidenberg, comemorou o Dia das Bruxas em grande estilo com uma postagem com a história Os Jardins da Morte, publicada em um número desconhecido da revista Histórias Macabras da Editora Outubro em 1961, escrita por Ivan e desenhada por Júlio Shimamoto -- então com 22 anos de idade e 2 de carreira nos quadrinhos.

Aí em baixo você fica com a primeira página. Dá para ler a história toda aqui. A narrativa é meio truncada, mas é uma história de terror com plot-twist final honesta, cuja moral é resumida pela própria Lucila na postagem: “Para todo idiota que se faz de monstro, existe um monstro que se faz de idiota”.



[QUADRINHOS] 

Nenhum comentário: