SIN CITY, DE FRANK MILLER: “SANGUE, DINHEIRO, SEXO, DROGAS”

* * * *
E vamos embora com Frank Miller. Agora, é Dana Jennings, do New York Times, que escreveu um perfil sobre o quadrinista, principalmente para comentar Sin City, mas também passando por alguns outros gibis.

Jennings chamou Sin City de “o verdadeiro e profundo lar criativo” de Miller: “contos viscerais que são duros e rápidos, com o espectro da luxúria: sangue, dinheiro, sexo, drogas”. A “prosa fornece os necessários golpes no corpo, mas é o desenho em preto e branco que levam ao nocaute”. No mais, Jennings falou de Demolidor, Ronin [“o filho improvável de uma sensibilidade indie criada sob o logo da DC”], O Cavaleiro das Trevas e All-Star Batman[QUADRINHOS]

Nenhum comentário: