CHUCK PALAHNIUK SOBRE FIGHT CLUB 2: “GOSTO DA IDEIA DE SER UM IDIOTA DE NOVO”

* * * *
A Dark Horse fez alguns anúncios dignos na última San Diego Comic-Con. Fight Club 2, de Chuck Palahniuk, que é exatamente o que você está pensando, ganhou contornos concretos [o desenhista será Cameron Stewart; o capista, David Mack]. Jeff Lemire [Sweeth Tooth], uma nova série [Black Hammer, desenhada por Dean Ormston, “uma carta de amor aos gibis de super-heróis”]. Matt Kindt [MIND MGMT] também [PastAways, desenhada por Scott Kolins]. Blake Hennon, do Hero Complex, foi à coletiva em que essa tropa toda falou sobre isso e nos trouxe um resumo.

Imagino que vocês queiram saber sobre Fight Club 2, então lá vai: é uma série de dez edições, a primeira das quais será lançada em abril do ano que vem. Na história, Marla, agora casada com o narrador do primeiro livro, manipula os remédios desse tentando ressuscitar Tyler -- que desaparece com o filho do casal. A ideia é tratar “Tyler Durden como algo que nos visitou geração depois de geração, procurando uma pessoa que ele pudesse ocupar para dominar o mundo”. 

Por que em quadrinhos? “’Gosto da margem que os quadrinhos dão’ para não parecer necessariamente realistas ‘porque as pessoas sempre meio que me criticaram por escrever personagens cartunescos bi-dimensionais, mas eu nunca quis escrever personagens tão reais que vocês, pessoas, não conseguissem perceber algum tipo de mensagem’”. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: