WILL EISNER: PROBLEMAS COM A PÓLVORA

* * * *
Kyle Mizokami escreveu, no War Is Boring, uma resenha sobre a hq The M-16A1 Rifle: Operation and Preventative Maintenance [“ou, no nome dado pelo exército, o Department of the Army Pamphlet 750-30”], de 1969. Não compartilho isso por ter me perdido na curva do completismo resenhístico: estamos falando de um gibi de 32 páginas escrito e desenhado por Will Eisner.

Mizokami nos dá o contexto: o M-16, criado em 1963, se tornou o rifle padrão do exército americano começou a ser usado em larga escala no Vietnã por ser consideravelmente mais leve que o seu antecessor, o M-14. O problema: travava constantemente pelo tipo de pólvora usado pelo exército e pela pouca e inadequada manutenção por parte dos soldados.

É aí que Eisner e o Panfleto 750-30 entram na história: a ideia era ensinar aos soldados como mantê-lo limpo. E Eisner fez isso com DUPLOS SENTIDOS e mulheres voluptuosas: “as duas primeiras páginas do gibi apresentam uma loira e curvilínea sósia e Ann-Margret segurando o novo e melhorado M-16A1. Aos lados do mascote estão as instruções sobre como desmontar o rifle, chamadas ‘How To Strip Your Baby’”. Saca só [ou: aprenda a não se matar com um M-16]:

Nenhum comentário: