“BATMAN ETERNAMENTE É MELHOR DO QUE BATMAN: O FILME”


* * * *
Batman: O Filme, o blockbuster dirigido por Tim Burton e estrelado por Michael Keaton que deu início à batmania fez 25 anos em junho. É o primeiro filme que eu lembro claramente de ver no cinema, o que significa que estou ficando velho. Christopher Campbell, do Film School Rejects, listou dez fatos ridículos sobre o filme.

Funciona mais como uma lista de curiosidades: o décimo é “o sucesso do filme ajudou a lançar a carreira de Michael Moore” [cheia do dinheiro, a Warner Bros. pode financiar mais projetos não-comerciais, entre os quais Roger e Eu, o documentário de estréia de Moore], o que é mais irônico do que ridículo. Decididamente no campo da curiosidade está o 5º, “Roger Ebert deu uma nota pior para Batman do que para Batman Eternamente”, o primeiro dos filmes do personagem a ser dirigido por Joel Schumacher, precisamente porque esse seria mais infantil -- prova de que todos os críticos as vezes deveriam pensar menos no que eles acham que o filme deveria ser, e se preocupar mais com o que ele é.  [ETCETERA]

Nenhum comentário: