PLANETA DOS MACACOS: O CONFRONTO, DE MATT REEVES: “VIBE SPIELBERG EM SEUS INÍCIOS”

* * * *
Com a quantidade de pré-estreias que o filme teve, ninguém diria, mas amanhã é a estréia de Planeta dos Macacos: O Confronto, novo filme da franquia de guerrilha símia, agora dirigido por Matt Reeves [Cloverfield]. E ao que tudo indica, o filme tá de parabéns. Pra começo de conversa, Black Hole, o gibi de Charles Burns, é usado como elemento apaziguador homem-macaco, como você pode ver nesse comercial:


Não é só: com 79 de média e 6 notas 10, o Metacritic, temos a prova de que o filme foi bem recebido pela crítica. Matt Zoller Seitz, nesse artigo do RogerEbert.com, escreveu a melhor delas. Os primeiros elogios são para o diretor, que “acerta uma magnífica vibe Spielberg nos seus inícios, alterando humor e terror com floreios diretoriais justificados pela trama [inclusive um tracking shot à moda Filhos da Esperança através de um depósito infestado de macacos e um passeio no topo de um tanque de arrepiar os cabelos]”.

E se “Planeta dos Macacos” e “Filhos da Esperança” na mesma frase não fosse o suficiente para me deixar feliz, também sobraram elogios para os roteiristas Mark Bomback, Rick Jaffa e Amanda Silver: “o roteiro é justo com cada personagem. Quando você rastreia a reação em cadeia que leva ao confronto homens/macacos do terceiro ato, é impossível dizer com certeza qual foi o lado que 'começou'”. [ETCETERA]

Nenhum comentário: