DICK AYERS: 1924-2014

* * * *
No início de maio de 2014, faleceu o desenhista Dick Ayers, conhecido por ser arte-finalista habitual de Jack Kirby e pelo seu trabalho na Marvel durante a Era de Prata. Sobre os ombros de Art Lortie, do The Comics Journal, caiu o ônus de escrever o obituário.

Como muitos de sua geração [a começar por Will Eisner e Stan Lee], a carreira de Ayers passou pelo exército -- só que ele se tornou desenhista de nose-art em bombardeios B-26 e da tira Radio Ray, publicada no jornal militar Radio Post. Na indústria, o seu primeiro trabalho foi uma história para a revista Cowboys and Indians #6, da Magazine Enterprises. Nessa editoria, criou, com  Raymond Krank, o personagem de western sobrenatural Ghost Rider.

Depois de trabalhar em seu próprio estúdio [criado em 1952], Ayers chegou à Marvel, onde trabalhou “em virtualmente todos os títulos de linha” da editora -- foi desenhista de Sgt. Fury and his Howling Commandos por dez anos e começou a arte-finalizar Kirby. Seguiu O Rei em direção à DC Comics, onde passou mais dez anos [trabalhou em Kamandi, The Last Boy On Earth]. Deu tempo, ainda, para ser professor no  Guggenheim Museum and e na Joe Kubert School of Cartooning and Graphic Arts. [QUADRINHOS]

Nenhum comentário: