DARK NOIR, DE RAFAEL GRAMPÁ: HARD-BOILED ESTILOSÃO

* * * *
Dark Noir é o primeiro curta-metragem de Rafael Grampá, produzido em parceria com o estúdio Red Knuckles, com direito a brainstorm facebookiano, e parte do esforço publicitário da Absolut Vodka -- o quadrinista brasileiro se somou às suas filas no ano passado. O resultado [além de, espero, fama e fortuna para Grampá, um dos melhores quadrinistas surgidos nos últimos dez anos] é curto, direto e BONITO.

Na história, Vincent Black é um um detetive hard-boiled estilosão que vê os daimons que influenciam o comportamento das pessoas. Não se impressione muito com o “daimons”: é só uma referência à cultura clássica utilizada no jeitão rolo compressor da cultura pop. Dark Noir é mesmo uma história bastante direta [tem pouco mais de três minutos e bastante exposição] que se justifica pelo apelo visual.


Além do curta propriamente dito, a Absolut Vodka também divulgou esse making-of com jeitão mais fortemente publicitário [como, aliás, se supõe que um making-of deve ser]. Entre grandes ambições, garrafas de vodka e cara de propaganda de perfume, dá pra entender um pouco mais da produção do vídeo:

Nenhum comentário: