HAYAO MIYAZAKI: “PREFIRO CARROS COM CÂMBIO MANUAL”

* * * *
Hayao Miyazaki vai se aposentar [de novo]. Adam B. Vary, do Buzzfeed, falou com ele, com Al Jean [produtor executivo de Os Simpsons] e Lee Unkrich [diretor de Toy Story 3] em busca de respostas para duas perguntas: por que se aposentar e por que isso importa.

A resposta à primeira pergunta é “cansaço”: Miyazaki, um obsessionado com o controle da produção dos desenhos que dirige [desenha, sozinho e a mão, o storyboard inicial; supervisiona e revisa sozinho todo o processo de animação, corrigindo ele mesmo qualquer erro], acorda às 6 da manhã para trabalhar das 9 às 9, de segunda a sábado, sem feriados. Seu novo filme, Vidas ao Vento [sobre o criador dos caças Zero, Jiro Horikoshi], de traço realista, foi ainda mais trabalhoso: “senti que eu dei o máximo de mim”.

Miyazaki, ainda, é um artista único: não apenas é mestre [Unkrich e Jean se desdobram em elogios], como também é um dos últimos animadores que trabalham com lápis e papel – o que, no caso dele, é mais do que um método [“nos carros, eu uso câmbio manual”]: a sua própria obra comumente trata do conflito entre uma vida artesanal idílica e o progresso tecnológico. [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: