"QUEM DESCOBRIU O SUPER-HOMEM?"

* * * *
“Quem descobriu o Super-Homem?”. É o que R. C. Harvey pretende responder nesse gigantesco artigo do The Comics Journal.

A dúvida parte de uma entrevista que Douglas Wheeler-Nicholson, filho de Major Wheeler-Nicholson [criador da revista New Fun, o primeiro comic-book a publicar histórias originais e não apenas reimprimir tiras de jornal], deu para a revista Alter Ego em agosto de 2009. Douglas descreve a “história conhecida” [o personagem foi descoberto por Sheldon Mayer, com a ajuda de Vicent Sullivan, sucessores na administração da National Allied Publications  de Major, afastado da editora em 1938] como “lixo”.

Diz Douglas: “o Super-Homem foi um tema importante em discussão desde 1937 até a primeira proposta de ashcan, passando por todos os problemas. Era um tema importante de discussões pela nossa casa. O velho [seu pai, Major Wheeler-Nicholson] achava que era extremamente oportuno, e ele queria de forma bastante específica um tipo nietzcheano de herói a essas alturas da Depressão, e isso seria a coisa perfeita para ser publicada nessa época”.

Mas o artigo vale por mais do que isso: ainda que a pergunta seja quem “descobriu” [ou seja, viu na criação de Jerry Siegel e Joe Shuster um sucesso prestes a explodir], respondê-la passa por escrever uma espécie de ORIGENS da criação do personagem. Você vai ficar sabendo sobre o seu parto, lá por em 1933, e sobre a peregrinação editorial subsequente, que só terminou com a publicação de Action Comics #1, em 1938. [NFN DIÁRIO]  

Nenhum comentário: