PAUL POPE: CARL JUNG E JOSPEH CAMPBELL

* * * *
Paul Pope, homem de agenda atrulhada [eventos de lançamento de Battling Boy, seu novo gibi; deadline para Battling Boy 2; a nova edição de Escapo, que vai ter John Cassaday como artista convidado...], foi entrevistado por Tom Spurgeon, do Comics Reporter.

A entrevista é longa e passa por quase todos esses projetos atuais de Pope. Especificamente sobre Battling Boy, Pope reafirmou o objetivo de fazer um “gibi para crianças que é sofisticado”. Comentou, ainda, a influência de Jack Kirby e Moebius, à qual somou outras: “a doçura dos filmes iniciais da Disney” [Peter Pan, Pinóquio e Dumbo são os citados], mas de um jeito “não cínico, mas de uma forma em que você não pode ganhar apenas espancando o vilão”, Joseph Campbell e Carl Jung [“tudo isso são coisas mitológicas, certo? Mas, para mim, isso é muito mais interessante do que voltar e refazer outra versão do Homem-Aranha”]. [NFN DIÁRIO] 

Nenhum comentário: