RAFAEL COUTINHO: “EM UMA EMPRESA, HÁ UM ESPAÇO MAIOR DE NEGOCIAÇÃO”

* * * *
Rafael Coutinho [+], de Cachalote, foi entrevistado por Ramon Vitral, da revista Galileu. Coutinho, além de artista, é editor, e uma boa parte da entrevista é dedicada à arrecadação de recursos para através de crowdfunding para a sua obra Beijo Adolescente [tipo assim].

Coutinho, pelo que se vê, está feliz com o sistema, mas aponta uma de suas restrições: é mais fácil trabalhar com um editor do que com 600 pessoas. Em frases: “em uma editora ou empresa, há um espaço maior de negociação”; “nunca tentei fazer um livro de 200 páginas por financiamento coletivo”; “se uma pessoa se sentir enganada, isso pode ser um problema bem grande” e “não tem como driblar, é baixar a cabeça e disciplinar ao máximo a produção”. [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: