BEOWULF, DE SANTIAGO GARCIA E DAVID RUBÍN, E LOS SURCOS DEL AZAR, DE PACO ROCA: PREVIEWS

* * * *
Dois dos principais quadrinistas espanhóis dos momentos divulgaram, nas últimas semanas, FARTAS prévias de suas próximas obras: No El Mundo, o galego David Rubín, uma das principais revelações dos últimos anos, você encontra 13 páginas de Beowulf; e no El País, os dois primeiros capítulos de Los Surcos del Azar, novo álbum do premiado [com Premio Nacional del Cómic de 2008, por exemplo] Paco Roca [+].

Os dois álbuns são da editora bilbaína Astiberri, que tem um dos catálogos mais interessantes das terras espanholas. Em Beowulf, adaptação do poema épico anglo-saxão do mesmo nome, Rubín concluiu um projeto antigo do roteirista Santiago Garcia [administrador do blog Mandorla e escritor de A Narrativa Gráfica]: a primeira versão do roteiro, escrita dez anos atrás, foi entregue para Javier Olivares; o projeto foi abortado e, posteriormente, ressuscitado graças ao interesse de Rubín.

O próprio Rubín descreve a obra, na matéria do El Mundo, como "um western com monstros e vikings, com uma aura de lenda pura, selvagem, não contaminada, dos bons filmes sobre o Oeste". Poderia tê-lo feito apenas dizendo "sei que é um desbunde, obrigado":


O preview completo você vê aqui.

Escrito e desenhado por Roca, Los Surcos del Azar trata de La Nueve, companhia da segunda divisão blindada do general francês Leclerc que era formada por espanhóis republicados que tinham fugido do franquismo e da guerra civil espanhola -- uma das primeiras a entrar em París em agosto de 1944. A história começa no porto de Alicante: soldados republicados aguardam o Stanbrook, último barco de passageiros civis a deixar a cidade:

Os dois capítulos do preview estão aqui[NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: