TOMB OF DRACULA, DE MARV WOLFMAN E GENE COLAN: "UM GIBI DE VAMPIRO OLD SHOOL, ANTERIOR A ANN RICE, JOSS WHEDON, CHARLAINE HARRIS E STEPHANIE MEYER"

* * * *
No Longbox Graveyard, Paul O’Connor deu uma olhada nas 70 edições de Tomb of Dracula, a série de terror setentista publicada pela Marvel, entregue quase que totalmente à equipe criativa formada por Marv Wolfman [+], Gene Colan e Tom Palmer. Hoje em dia, ela é mais conhecida por ser a série em que Blade, o personagem que chegou ao cinema através de Wesley Snipes, surgiu, mas é um clássico marvético do período.

O’Connor  começa com um pouco de CONTEXTO: no início da década de 70, a Marvel publicou uma pá de séries protagonizadas por monstros mais tradicionais [Frankenstein Monster, Werewolf By Night], no lugar de seus monstrengos habituais [como Fin Fang Foom]. Tomb of Dracula veio nessa onda: é um gibi de vampiro “old school, escrito antes de que Ann Rice, Joss Whedon, Charlaine Harris e Stephanie Meyer popularizassem o conceito de vampiros como anti-heróis eróticos. Quando o Drácula se alimenta, é um assassinato, com pouca noção de sedução, e a forma objetificada que Gene Colan desenha as vítimas de Drácula – descartadas em becos, jogadas e com os seus membros espalhados – faz com que elas possam ser vistas como vítimas de crimes sexuais”. [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: