SUPER-HERÓIS E REACIONARISMO, UMA RECEITA DE AMOR

* * * *
Mark Judge [não confundir com Mike Judge, o criador de Beavis & Butt-Head] escreveu um artigo sobre o livrão 75 Years of DC Comics [+], de Paul Levitz [+]. Foi no conservador Daily Caller, então o grande foco do texto é dar uma malhada no esquerdismo academicô.

De início, Judge descreve os gibis de super-heróis como algo intrinsecamente de direita, e vê nas tentativas da academia em ver “alguma ambiguidade nos super-heróis -- o Super-Homem é um imigrante ilegal! O Batman odeia armas!” apenas “fracas tentativas de se fazer proprietário de algo cujo apelo primário não pode ser negado”.

Depois disso, parte para Frederic Wertham [+], que descreve como um bom exemplo da desconfiança da esquerda com os quadrinhos: eles “adoram apontar para Wertham como um típico nervosinho macartista, mas o fato é que ele era um marxista e um freudiano que achava que os quadrinhos eram propaganda sexual e política para o Oeste”. [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: