HARLAN ELLISON: “ME CHAME DE ESCRITOR DE FICÇÃO-CIENTÍFICA E EU VOU IR À SUA CASA E PREGAR A CABEÇA DO SEU CACHORRO NA MESA DA SALA”

* * * *
Jaime Lover escreve um perfil do escritor de ficção-científica [OPS!] Harlan Ellison para a Vulture.

O mote é o lançamento de 7 Agains Chaos, novo gibi escrito por Ellison e desenhado por Paul Chadwick [de Concrete], com colorização de Ken Stacey e publicado pela DC Comics, “a visão de um futuro à beira do apocalipse, mas salvo por um dream team de pessoas estranhas e bizarras que enfrentam um lagarto monomaníaco que governa um universo alternativo”.

Mas o INTERESSE TÉCNICO vem do personagem: Ellison, que já ganhou o prêmio Hugo dez vezes [e escreveu aquele que é considerado o melhor episódio da série clássica de Jornada nas Estrelas, City on the Edge of Forever], é uma figuraça sempre à beira de um ataque de nervos. Processou James Cameron [O Exterminador do Futuro seria um plágio de dois episódios que Ellison escreveu para a série de ficção científica dos anos 70, Outer Limits] a AOL e mais 240 pessoas [distribuição indevida de suas histórias], apareceu no clássico artigo de Gay Talese [+] sobre Frank Sinatra [Frank Sinatra Has a Cold: Ellison é o escritor que discute com Sinatra, que pegou no seu pé por não gostar da COR DE SEUS SAPATOS -- trocadilho involuntário] e convidou o projetista da atração Abominable Snowman, da Disneilândia, para fazer a fachada de sua casa. [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: