ASTRONAUTA - MAGNETAR, DE DANILO BEYRUTH: STANISLAV LEM, ARTHUR C. CLARKE E A "RETOMADA DO CONCEITO DE EXPLORAÇÃO ESPACIAL"

* * * *
Onde nenhum gibi do da Turma da Mônica jamais esteve: Raul Silvestre, do Zona Negativa, resenhou Astronauta -- Magnetar [+], o gibi de Danilo Beyruth [+], colorizado por Cris Peter, protagonizado pelo redondo astronauta criado por Maurício de Souza e lançado na Espanha pela Panini.

Diz Silvestre que o gibi de Beyruth é uma ficção científica que está mais próxima de Stanislav Lem e Arthur C. Clarke do que do space opera habitual do nerdismo. Ao “retomar o conceito de exploração espacial e levá-lo à última instância”, Beyruth talhou “uma história simples de robinson galático, que, graças ao seu bom trabalho, vai além da anedota”.

Para tanto, tomou de Clarke “a ficção científica especulativa, mas com a base firme nas últimas teorias científicas” e, de Lem, “a introspecção, o tom emocional e o toque metafísico”.  [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: