SAN DIEGO COMIC-CON: FILAS, ATRULHAÇÃO, PARANÓIA

* * * *
O escritor Glen David Gold foi à San Diego Comic-Con e voltou com uma reportagem, com jeitão de jornalismo literário, para o Los Angeles Review of Books sobre, bom, ser velho demais pra tudo isso.

Isso, por si só, já seria POSITIVO, mas o artigo de Gold vai além: ele também é paranóico do jeito certo, que é o jeito Aldous Huxley [+]. Em um restaurante adaptado para parecer o Motel Bates [do filme Psicose e, TÃ CHAN, da série Bates Motel], no qual entrou depois de passar por um banner que filmava as pessoas que olhavam para ele, Gold teve uma REVELAÇÃO: a convenção é a "placa de petri da invasão de privacidade", que funciona "porque os fãs estão procurando por isso", na "experiência publicitária mais vanguardista que o mundo já viu". [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: