STEVE DITKO: NA ATIVA

* * * *
Steve Ditko [+], 85 anos, não está morto nem inerte: só nos últimos 5 anos, escreveu e desenhou 18 gibis, para um total de mais de 500 páginas. São gibis em preto e branco, publicados de forma independente [com o auxílio de Robin Snyder], normalmente de 32 páginas em preto e branco e de 4 dólares cada um.

Você pode comprá-los aqui. Para GUIAR-SE ao fazê-lo, ou entendê-los previamente, a dica é esse artigo de Joe McCulloch, publicado no Comics Alliance nesse mês e que tem exatamente esse objetivo. Antes de começar a falar sobre o artigo propriamente dito, devemos ser gratos: obrigado, Joe McCulloch.

Resumidamente, McCulloch divide os atuais gibis em três fases. A primeira é formada apenas por The Avenging Mind, publicado em abril de 2008, um gibi de 32 páginas e que é quase pura prosa [uma espécie de sequência da coletânea de artigos publicadas em Avenging World]. A segunda é mais super-heróica: abrange, por exemplo, os gibis protagonizados por Mr. A, "o herói quinta-essencial de Ditko. Ele foi feito para representar as maiores qualidades da humanidade". E a terceira é formada por “histórias de vários quadrinhos", protagonizadas por heróis de época, "ambientados nos anos 30: a década na qual os gibis de super-heróis nasceram, e as raízes para as quais Ditko retorna no ocaso de sua carreira".

McCulloch traz, ainda, esclarecimentos paralelos – por exemplo, em relação à aversão de Ditko à imprensa. E como ela não existe: "Ditko, se alguma coisa, tem grande estima pela imprensa: o Mr. A trabalha nela, assim como o Questão e o Creeper". [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: