SEAN PHILLIPS E ED BRUBAKER: "MUITO FICA IMPLÍCITO EM MANCHAS DE TINTA PRETA"

* * * *
April Snellings, do Rue Morgue, entrevistou Ed Brubaker [+] e Sean Phillips [+], roteirista e desenhista de Fatale [+] [aliás: BAITA SÉRIE].

Duas coisas. Primeiro, Ed Brubaker falando sobre Gotham Central [Gotham City Contra o Crime no Brasil, série que Brubaker escreveu com Greg Rucka [+], desenhada por Michael Lark [+]]: "O terror está nas pontas. Em um gibi policial, o Batman pode ser assustador, porque ele quase não está lá. Em uma edição de Batman, você está na batcaverna com ele, ouvindo os seus pensamentos, e não existe nada de assustador sobre ele então".

E dois, Sean Phillips sobre porque gibis de gênero funcionam melhor: "filmes de super-heróis se esforçaram muito para fazer que o que nós simplesmente aceitamos nos gibis parecesse menos ridículo na tela grande. Gibis de terror são parecidos. Você não pode ver as dobras, e muito fica implícito em manchas de tinta preta". [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: