"NÃO EXISTE FORMA MELHOR DE SE VER QUE O ESCRITOR ESTÁ DE PIADA"

* * * *
Michael Dean, no Comics Journal e com pretexto no lançamento de O Homem de Aço [leia o resenhismo mais pertinente da web], escreveu um artigo sobre a disputa legal sobre o personagem: DC, Siegel, Shuster, aquela coisa toda.

Até mesmo antes de lê-lo, no entanto, é PERTINENTE que você passe os olhos nos comentários de Robert Stanley Martin. A crítica dele ao artigo é INCISIVA, para não dizer DESMORALIZANTE [ainda que fundamentada, apesar do que a VIRULÊNCIA da introdução pode indicar]: "Isso é uma peça de demagogia sem vergonha. Esses ataques contra o legado das Duas Grandes editoras de quadrinhos são uma tradição do TCJ, claro. Quase sempre eles são desonestos, mas costumavam ter uma pesquisa um pouco mais competente" e "de forma geral, nunca confie em um escritor que ataque a Marvel ou a DC mencionando as quantias em dólar de décadas passadas sem dizer qual é o seu valor se incluída a inflação. Não existe forma melhor de se ver que um escritor está de piada".  [NFN DIÁRIO]

Nenhum comentário: