FATALE, DE ED BRUBAKER E SEAN PHILIPS: SIMBIÓTICO E LOVECRAFTIANO

* * * *
Fatale [+], de Ed Brubaker [+] e Sean Phillips [+], COLHE elogios. A segunda série mais vendida da Image [perde apenas para o fenômeno The Walking Dead [+], de Robert Kirkman [+] e Charlie Adlard] foi agora resenhada por Jordi T. Pardo, do Zona Negativa, que a descreveu como uma mistura do "gênero noir e de terror do tipo lovecraftiano".

Pardo descreveu como ponto forte da série a SIBIOSE COOPERATIVA entre Philips e Brubaker, "uma variação do tradicional método Marvel" e apontou O Bebê de Rosemary, o clássico filme de terror de Roman Polanski, como outra referência, especialmente no que se refere à colorização de Dave Stewart, que deu "forma e relevo", "uma nova dimensão e perspectiva" ao traço de Philips. [NFN DIÁRIO]

                  

Nenhum comentário: