BATMAN: YEAR ONE, VERSÃO DARREN ARONOFSKY E FRANK MILLER

[NFN DIÁRIO #234]                                        * * *                                                [17/5/2013]

Já comentei aqui, lá nos primórdios, com base em uma série de artigos do Sequart sobre os filmes do Batman que foram abortados entre Batman & Robin [+] e Batman Begins, sobre o Batman: Year One de Darren Aronofsky [que, fã de quadrinhos, tem um histórico de filmes nérdicos abortados: além desse do Batman, TENTEOU o remake do Robocop, que ficou com José Padilha, e chegou aos finalmentes da pré-produção de The Wolverine [+], que foi repassado para James Mangold [+]].

O filme, que disputou o páreo final com o projeto de Christopher Nolan [+] [onde, CONTA A HISTÓRIA, foi preterido], era meio bizarro: co-escrito por Aronofsky e por Frank Miller, não tinha nada a ver com o Batman ou com o Ano Um, o gibi. Pra ir direto ao PONTO DE DIVERGÊNCIA: Bruce Wayne seria um mendigo psicopata e Alfred um mecânico negro conhecido por Big Al.

Pois bem: o site Comic Book Movie colocou as suas mãos em parte da arte conceitual do projeto de Aronofsky/Miller e TROUXE-A a luz para que pudéssemos vê-la. No seu twitter, Aronofsky disse que não tinha nada que ver com isso aí: a arte conceitual, por tanto, foi encomendada pela própria Warner Bros.



É meio ARROJADA para virar um filme, mas combinado com a trama bizarra acho que daria um gibi MASSA:








Nenhum comentário: