ARIEL OLIVETTI: "SEMPRE GOSTEI DESSE NEGÓCIO DE SE MIJAR DE RIR DO HIPER-REALISMO"

[NFN DIÁRIO #226]                                        * * *                                                [7/5/2013]

Ivan Rivas, y Jordi T. Pardo, do Zona Negativa, entrevistaram o argentino Ariel Olivetti, que desenhou o Punisher War Journal [arte promocional marota à tua direita] de Matt Fraction [+] e Cable [com Duane Swierczynski].

Se você olhou pro traço do cara por trinta segundos, sacou a principal influência:

Eu gosto muito de Corben [+], de cara, precisamente por isso, porque você podia ver uma anatomia quase fotográfica, mas absurdamente irreal. O cara tinha um braço maior que todo o corpo, ou a cinturinha era uma coisa insignificante e tinha uma caixa grandona, mas funcionava, e a iluminação era perfeita, e as veias eram perfeitas, e os músculos estavam onde tinham que estar e eu sempre gostei desse negócio de se mijar de rir do hiper-realismo. De fazer crível o inexistente. Por isso que nunca trabalhei com modelos. Eu gosto de trabalhar com os efeitos das luzes e das sombras e as cores que sejam realistas, mas com músculos que não existe, por aí...




                  

Nenhum comentário: