THOR: GOD OF THUNDER, DE JASON AARON E ESAD RIBIC: “FANTASIA NO ESTILO GAME OF THRONES”; UNCANNY AVENGERS, DE RICK REMENDER E DANIEL ACUÑA: “ABRAÇA A SENSAÇÃO DE GRANDEZA DE JACK KIRBY E WALTER SIMONSON”

[NFN DIÁRIO #216]                                        * * *                                                [22/4/2013]

O Thor é tendência. Oliver Sava escreveu um artigo no AV Club para nos explicar a popularidade do DEUS DO TROVÃO, que também passa pela série Thor: God Of Thunder [+], de Jason Aaron [+] e Esad Ribic [+], além de Uncanny Avengers [+] [especificamente a edição #6], de Rick Remender [+] e Daniel Acuña.

Um dos aspectos mais valiosos de Thor é que ele é imortal, o que permite que os escritores contem histórias que passam por vários períodos com um personagem imensamente poderoso que não pode ser morto. Em Thor: God Of Thunder, Aaron está usando a imortalidade de Thor para estruturar uma narrativa épica com Thor no passado, no presente e no futuro, juntando os três deuses no arco "Godbomb". É adequado que T:GOT seja o acrônimo da série, já que Aaron está escrevendo fantasia no estilo de Game of Thrones, combinando sexo e violência com desenvolvimento introspectivo de personagens e um esplendor visual de tirar o fôlego. 

Nenhum comentário: