STEVEN T. SEAGLE: "TIVEMOS A IDEIA DE CONSTANTEMENTE RENOVAR A ESTRUTURA DA NARRATIVA E O PAPEL DA NARRATIVA AO LONGO DO CAMINHO"

[NFN DIÁRIO #219]                                        * * *                                                [25/4/2013]

Tente não julgá-lo pela
pelugem facial.
Steven T. Seagle [+] fez certo sucesso no final da década de 90 e no início dos anos 2000 [chegou a escrever uma dos X-Men, onde teve problemas], antes de alcançar a FORTUNA com o sucesso de Ben 10

Patrick Kevin Day, no Hero Complex, tratou com ele de House of Secrets, série da Vertigo que lhe deu credibilidade artística no início de sua carreira, desenhada [pra você ter uma ideia] por Teddy Kristiansen [+].

Fãs que pensavam que Seagle se revelou pela primeira vez em It's a Bird (que lidava amplamente com a presença da Doença de Huntington na sua árvore familiar) podem se surpreender ao saber que outras partes de sua história, inclusive o relacionamento difícil de sua família com a religião, foram exploradas em House of Secrets.

"Fomos criados como Baptistas do Sul", Seagle explicou. "Tinha muito fogo do inferno e enxofre nas sessões da igreja. Largamos a igreja depois de uma sequência de três ministros desonestos... relendo a série para essa coleção, me dei conta de quantas coisas da minha infância eu regurgitei".

                   

Nenhum comentário: