FREDERIC WERTHAM: “AS SUAS IDEIAS SOBRE OS GIBIS ESTÃO MARCADAS PELA INFLUÊNCIA DE FILÓSOFOS DA ESCOLA DE FRANKFURT”

[NFN DIÁRIO #212]                                        * * *                                                [16/4/2013]

Tyler Weaver, do Comic Story World, entrevistou Carol Tilley [+], a pesquisadora da Universidade de Illinois que descascou as pesquisas de Frederic Wertham. Você aí que sempre considerou Wertham um porco-capitalista-reacionário, saiba:

As suas ideias sobre gibis estão marcadas pela influência de filósofos da Escola de Frankfurt, como Theodor Adorno. Para esses teóricos, produtos de cultura de massa ou popular como os gibis serviam para transformar os consumidores/leitores em escravos do capitalismo. Wertham não tinha restrições às artes literárias e visuais: a sua esposa, Florence Hesketh, era uma artista, o casal colecionava obras de arte, e Wertham frequentemente citava trechos de literatura clássica em seus escritos. Para ele, no entanto, os gibis eram lixo produzido em massa, que exploravam tanto os trabalhadores que criavam o gibi, quanto seus jovens leitores.

Nenhum comentário: