CRYING FREEMAN, DE KAZUO KOIKE E RYOICHI IKEGAMI: "O MANGÁ BASICAMENTE SE DISSOLVE EM MOTIVOS PARA FICAR PELADO"


[NFN DIÁRIO #201]                                        * * *                                                [1º/4/2013]

Darius Washington, da Otaku USA Magazine, resenhou o gibi  [que é de Kazuo Koike [+] e Ryoichi Ikegami [+], por sinal] o animê Crying Freeman, a história do assassino chorão. Washington começa falando do anime e depois parte pro deboche:

O mangá original de Kazuo Koike (de Lobo Solitário) é escrito de form abastante parecida ao animê e basicamente se dissolve em motivos para ficar pelado e para cenas de sexo, ao ponto de que eu comecei a chamar essa série de "Flying Semen" em determinado momento. Apesar disso, existe uma qualidade artística nas técnicas de assassinato de Freeman que complementam de forma bacana os parâmetros da história. Mas então, nos volumes finais, parece que sexo e nudez se transformam no objetivo da série e toda a esperança que eu tinha de desfrutar de uma história coerente é perdida.

Nenhum comentário: