GORGO!, DE STEVE DITKO E JOE GILL: "NA MESMA ÉPOCA EM QUE ESTAVA DESENHANDO GORGO, DITKO TAMBÉM CRIOU O HOMEM-ARANHA E O DR. ESTRANHO"

[NFN DIÁRIO #192]                                        * * *                                                [18/3/2013]

E já que estamos com previews, Caleb Goellner, de novo no Comics Alliance, publicou esse, de Steve Ditko's Monsters: Gorgo!, VOLUMÃO da IDW as histórias do monstrão Gorgo [da propaganda do filme: "A trama de King Kong! O monstro de Godzilla! os cenários de Oliver!"] que Ditko [+] desenhou e Joe Gill escreveu para a editora Charlton no início dos anos 60. 

A PRÉVIA é de oito páginas, que corresponde exatamente à introdução de Craig Yoe para a edição. Os gibis são resultado do filme do monstrengo, e se tu tá pensando que deve ser um troço meio B... bom, tu tem razão, mas TE LIGA NO PEDIGREE:

Gorgo foi dirigido por Eugene Lourie, russo que fugiu de seu pais depois de contribuir para um filme anti-comunista, Black Crowes, em 1919. Ele financiou a sua viagem à França desenhando posters. Nos anos 30, Lourie trabalhou como production designer para os diretores Max Ophüls e René Clair, na França. Ele também trabalhou para Jean Renoir em La Grande Illusion (1937), e foi para Hollywood. 

Lá, Lourie trabalhou como diretor de arte no filme Limelight (1952), de Charlie Chaplin. A sua estreia na direção foi em 1953, com o filme altamente lucrativo The Beast from 20,000 Fanthoms, o primeiro de três filmes de dinossauros. Os efeitos especiais foram feitos por Ray Harryhasen. De acordo com o historiador de cinema Tom Weaver, "O diretor disse que a sua filha de seis anos ficou chateada com a morte do monstro no final de The Beast, dizendo, aos prantos, 'você é um pai malvado, você matou o monstrão legal!'".

[...] Oito anos depois, Lourie recebeu uma indicação ao Oscar de efeitos especiais por Krakatoa, East of Java. Ele também fez o design do maravilhoso Bronco Billy (1980), de Clint Eastwood [...].


                   

Nenhum comentário: