EC COMICS: OS RESENHISTA PIRA, PARTE 3


[NFN DIÁRIO #199]                                        * * *                                                [27/3/2013]

Lembra da controvérsia Eddie Campbell [+] x Hooded Utilitarian? Temos mais um capítulo, escrito por Matthias Wivel no próprio Hooded Utilitarian, que tem duas virtudes: é um resumão bem argumentado que destrincha alguns dos textos dos demais articulistas do site.

Como nós vimos, Robert [Stanley Martin] insiste que o destaque que Campbell dá para um preconceito literário está errado, mas isso é verdade? Vamos dar uma olhada no artigo de [Ng] Suat [Tong] sobre a EC: em mais de 5000 palavras discutindo a trama, os personagens, os temas e a ideologia, ou seja, a história, comentários sobre o visual dos gibis da EC se limitam a uns poucos adjetivos laudatórios. Eles nunca se tornam parte da discussão, mesmo quando pertencem a elementos da "história". De forma mais confusa, Suat argumenta em determinado momento (discutindo "Master Race" [+] de [Bernard] Krigstein [+] e [Al] Feldstein [+]) que a forma e o conteúdo podem e devem ser separados: "uma história fraca, não importa o quão magistralmente executada, não deve ser desculpada com base na simples maturidade temática", mas imediatamente depois disso ele diz não ser o caso: "estilo e conteúdo não podem ser divorciados no que é claramente uma história narrativa". Qual é a hipótese certa?

Nenhum comentário: