BATMAN & ROBIN #18, DE PETER T. TOMASI E PATRICK GLEASON: "GLEASON É UM MONSTRO DE FRANGENSTEI BRILHANTE FEITO COM AS MELHORES PARTES DE MIKE MIGNOLA, DUSTIN NGUYEN E BRIAN BOLLAND"

[NFN DIÁRIO #197]                                        * * *                                                [25/3/2013]

No outro dia, coloquei aqui o link para uma entrevista de Scott Snyder [+], no CBR, onde ele comentava o seu interesse em dar espaço para Peter J. Tomasi [escritor de Batman & Robin] trabalhar os desdobramentos dos acontecimentos de Batman Incorporated [+] #8, de Grant Morrison [+] e Chris Burnham [+]

E usá-lo foi exatamente o que Tomasi [acompanhado do desenhista  Patrick Gleason] começou a fazer em Batman & Robin #18, edição silenciosa que foi resenhada por Oliver Sava, do AV Club

Você pode esperar por spoilers no que vai abaixo:

Com um assunto tão pesado, Tomasi faz questão de incluir alguns breves momentos mais leves para introduzir contraste e dar ainda mais impacto aos momentos dramáticos. Quando Bruce está olhando o caderno de seu filho, ele descobre uma nota assinada por "C. K." presa a uma lista de filmes que Damian poderia gostar de ver, incluindo Sindicato de Ladrões, Meu Pé Esquerdo e O Sol é para Todos. O papel azul, o post-it amarelo e a tinta vermelha são inteligentes pistas visuais para a identidade de "C. K.": as cores primárias do uniforme do Super-Homem Clark Kent. Faz sentido que Damian e Clark tenham desenvolvido uma amizade, considerando que ambos estão tentando se encaixar em papéis que são contrários à sua natureza inerente. Clark é um alienígena se passando por humano, e Damian é um assassino se passando por sidekick de super-herói.



                  

Nenhum comentário: